Sobre acessibilidade

Serviços

09/03/2020 - 09:00

A política habitacional desenvolvida pela Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) foi um dos destaques das ações realizadas pelo Governo estadual neste sábado (7) em Abaetetuba. Saúde e infraestrutura foram assuntos que também estiveram na programação do dia. O Governador do Estado, Helder Barbalho entregou à 12 famílias do município, a segunda parcela do Programa Cheque Moradia. No total, R$ 74.700,00 foram investidos pelo Governo do Estado por meio do Programa coordenado pela Cohab.

Para o Presidente da Cohab, Adler Silveira, “Uma das prioridades da gestão estadual é fazer valer a política habitacional do estado garantindo o auxílio à população que realmente precisa. Nós Assumimos o compromisso de levar moradia de qualidade para a sociedade paraense e estamos trabalhando em todas as regiões do estado conforme a diretriz do governador Helder Barbalho. O nosso empenho é para que os lares paraenses tenham melhores condições garantindo mais qualidade de vida para nossa sociedade. As mães e todas as famílias vão ficar mais tranquilas porque sabem que agora tem um lugar com mais estrutura pra dormir, estudar e viver melhor”.

O Programa tem como objetivo a garantia de auxílio na construção ou reforma de casas de famílias em situação de vulnerabilidade social que possuem terreno. A lavradora Cristiane Pereira foi uma das beneficiadas em Abaetetuba. “Na minha casa estava faltando tudo, o cheque veio para melhorar e concluir a construção da minha casa. Não tenho banheiro e agora vou terminar de fazer”, afirmou.

Na ocasião de entrega também estiverem presentes a primeira dama, Daniela Barbalho, o vice-governador, Lúcio Vale, a deputada federal Elcione Barbalho, além do prefeito de Abaetetuba e deputados federais e estaduais.

Saúde
Na programação de hoje, o Governo do Estado entregou à população o Novo hospital regional do Baixo Tocantins, Santa Rosa. O Hospital Santa Rosa abre as portas na segunda-feira, dia 9, para atendimento ambulatorial com cardiologia, ginecologia, obstetrícia, ortopedia, clínica geral e exames de raio-x, mamografia e exames laboratoriais. Na quinta-feira, dia 12, começará a obstetrícia 24 horas. No dia 16, serão iniciados os serviços de pediatria, clínica médica, UTI adulto, UTI neonatal. São 94 leitos para atendimentos de obstetrícia no regime de porta aberta, e referenciado em pediatria, cirurgia geral (urologia e ortopedia) e clínica geral naqueles casos mais graves que possam requerer cuidados intensivos. Pela primeira vez a região contará com Leitos de UTI de adultos e de UTI Neonatal. Serão oferecidas mensalmente 1,8 mil consultas médicas, 500 consultas com outros profissionais de saúde, 2,8 mil atendimentos obstétricos de urgência; 370 internações hospitalares e cerca de 13,5 mil procedimentos diagnósticos. Todos os serviços serão regulados pela Central Estadual de Regulação.

Obras
O governador Helder também assinou a ordem de serviço para drenagem e pavimentação com asfalto de 15 quilômetros em ruas de Abaetetuba.