Sobre acessibilidade

Serviços

03/07/2020 - 21:30
O governador do Pará, Helder Barbalho, entregou, nesta sexta-feira (3), o Terminal Rodoviário de Abel Figueiredo, na região sudeste do Estado, que recebeu o termo de homologação provisório. Com a entrega do documento, o local está autorizado a funcionar por 12 messes. Durante a cerimônia, também foram entregues 58 cheques do programa Sua Casa para famílias moradoras da cidade.

"Com a legalização do terminal, podemos incentivar o transporte intermunicipal e interestadual, o que vai trazer mais integração para toda região e para todo o Pará", afirmou o chefe do poder executivo paraense. "A gente está vendo que o povo do Pará só tem a ganhar. É um sonho a realização dos trabalhos que já são feitos para a integração do Estado", frisou o prefeito de Abel Figueiredo, Hildefonso de Abreu Araújo. 

Os 58 cheques do programa Sua Casa somam R$ 366.500, que serão investidos na construção e reforma das casas dos beneficiários que já foram selecionados.

"Hoje eu ressalto que todos que estão recebendo os cheques são pessoas que realmente precisam. Estamos garantindo que a moradia digna possa chegar a quem tem prioridade pra receber. A política habitacional é pra garantir que a casa seja reformada, mas sempre ouvimos que uma dificuldade era o pagamento da mão de obra. E os novos beneficiários do programa Sua Casa vão receber esse apoio para o pagamento dos pedreiros" - governador Helder Barbalho.

Entre os beneficiados de Abel Figueiredo estão três pessoas com algum tipo de deficiência e 15 idosos. Com 72 anos, dona Maria Imaculada estava animada. O sonho de concluir a reforma de casa está perto. "Estão faltando alguns reparos para eu terminar de ajeitar. Eu fico muito grata à Deus e ao governador por conseguir receber esse benefício para concluir a minha casa", festejou a idosa. 

A Companhia de Habitação do Pará (Cohab) é a responsável pelo gerenciamento do programa Sua Casa. A iniciativa faz parte da política habitacional do Estado para possibilitar que famílias de baixa renda e vulnerabilidade social tenham acesso a recursos para construir, ampliar ou reformar a casa própria. O programa também é destinado para quem perdeu a moradia em incêndios e outros sinistros. 

O presidente da Cohab, Adle Silveira, também acompanhou a distribuição do benefício e explicou que um dos principais objetivos do Estado é levar apoio para melhorar as condições de moradias dos paraenses.

“Esse auxílio vai ajudar as 58 famílias a terem mais opção para morar com dignidade. Isso vai influenciar diretamente na qualidade de vida de todos que vivem e convivem na casa. Não é apenas uma oportunidade para se ter mais conforto, mas em muitos casos é a partir desse apoio que as famílias vão se sentir mais seguras e vão ter mais saúde dentro de casa. Essa é a oportunidade de construir mais um cômodo que pode ser uma sala ou um quarto. Assim, vamos diminuir a aglomeração dentro de casa, vamos ter mais espaço para circulação”, analisou Adler Silveira. 

Comitiva - Durante a agenda oficial no município, o governador Helder esteve acompanhado também dos deputados Chamonzinho, Chicão e Jaques Neves; do secretário de Transporte, Pádua Andrade; e do diretor-geral da Arcon, Eurípides Reis Filho. 

A comitiva também vistoriou o andamento da obra de pavimentação da vicinal Carne de Sol. Em fase final de conclusão das etapas de instalação do sistema de drenagem de águas pluviais, preparação da base/sub-base e terraplanagem da pista, os serviços entrarão na próxima fase de lançamento da mistura asfáltica.

Na oportunidade, o chefe do Poder Executivo do Pará anunciou a previsão de entrega da vicinal. "Essa obra vai ligar as cidades do Pará ao estado do Maranhão. Estamos ampliando a logística da região. Nós começamos e vamos terminar a obra em 70 dias, e vamos entregar a estrada bonita para escoar a produção e transportar a população. Teremos asfalto desse lado da vicinal”, disse.

O serviço, que começou no mês passado, ocorre por meio de convênio entre a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) e o município de Abel Figueiredo, e deve ser concluído em maio do ano que vem. Orçado em R$ 12 milhões, o convênio tem investimentos da Setran no valor de R$ 11.805.312,00 e R$ 486.952,44 do tesouro do Município de Abel Figueiredo.

Integração Regional – A estrada vicinal tem cerca de 8,2 quilômetros de extensão, da Vila de Carne de Sol à BR-222, por meio da Belém-Brasília até a divisa com o estado do Maranhão, dando acesso à cidade de São Pedro da Água (MA). O asfaltamento da vicinal trará benefícios aos moradores da Vila de Carne de Sol, que usam a estrada para se deslocar ao estado do Maranhão ou utilizam a rodovia para chegar à BR-222, que dá acesso à sede de Abel Figueiredo e municípios como Rondon do Pará, Bom Jesus do Tocantins e Marabá.

"Nosso ritmo já estava acelerado, mas agora vamos intensificar os trabalhos para entregar na previsão. Essa é considerada uma importante obra para todos nós. Vamos garantir a integração regional e uma rota a mais para escoar a produção", analisou o titular da Setran, Pádua Andrade.